Nossa história

"A CAPITAL DA ENERGIA"

PARANAÍTA, fundada em 29 de Junho de 1979, era um distrito que pertencia a Alta Floresta, em 13 de maio de 1986 a Lei nº 5004 o elevou a categoria de Município do Estado de Mato Grosso, sua emancipação política se deu no dia 13 de maio de 1986, a sua localização está na região turística cristalino, possui uma extensão territorial de 4.796,013 Km² (IBGE).
 
ORIGEM DO NOME
Paranaíta: rios que rolam sobre pedras;
Paraná: Braço de rio caudaloso, separado por uma ilha;
Ita: Palavra tupi-guarani que significa pedra.
 

A cidade surgiu na década de 70, de um projeto idealizado pelo colonizador Ariosto da Riva.A área urbana da cidade sofreu sua primeira derrubada da mata pelos senhores; Alípio Cândido da Silva (in memória) e um empreiteiro vulgo Zé Mineiro no ano de 1979, e como símbolo do lançamento da cidade, Ariosto da Riva (in memória) em 29 de Junho do mesmo ano ateou fogo na derrubada e declarou a abertura da cidade.

Paranaíta teve como pioneiros na zona urbana: Antônio Campanharo, o qual construiu o primeiro barraco dando início à cidade, onde ao lado, logo se construiu a rodoviária, sendo seguido posteriormente por José Galego.
 

        Aquele simples gesto de coragem fazia nascer um município, bem no coração de Mato Grosso.Obra da Colonizadora INDECO, que tinha intuito de implantar um complexo de investimentos agro-florestal, agro-industrial e extrativista. A Meta de Ariosto era tornar essa região uma grande potencia na agricultura, porém um fato determinante mudou a história, a descoberta do ouro tomou o espaço da agricultura. O metal valioso passou a ser a principal fonte de renda com uma produção que superava toneladas ao ano e trouxe milhares de pessoas, de todo o Brasil para a região, o ouro descoberto tanto no município, quanto nos arredores, mudou completamente a característica original pensada pelo seu colonizador.

Com o fim do ouro no inicio da década de 90, o município sofreu um forte impacto em sua economia, mais não demorou muito e logo surgiu outras alternativa econômicas, primeiro o setor madeireiro; seguido pela pecuária de corte e de leite que ainda ocupa um grande espaço nesse contexto, o município produz mais de 1 milhão de litros/leite mês.

Cidade bela criada pela natureza, formada por lindos rios, corredeiras, cachoeiras de uma beleza exuberante. 

A população no ano de 2010 segundo o IBGE era de 10.684 habitantes, oriundos dos estados do Sul e Sudeste, seguidos por Nordeste e Centro-Oeste.

Paranaíta tem um dos maiores Assentamento Rural do INCRA, o Assentamento São Pedro, distante 40 km do núcleo urbano, com 800 famílias, mais de 3.000 Pessoas e 22 Comunidades. Em torno do núcleo urbano são 12 comunidades e 01 Assentamento Rural do INTERMAT, o "Nossa Terra Nossa Gente", formado por 49 lotes e fica a 7 km do núcleo urbano.
 

Turismo e Infraestrutura

Uma das maiores obra do ramo hidrelétrico no BRASIL está sendo construída em Paranaíta, a Usina Teles Pires, quando em funcionamento gerará 1.820 MW, suficiente para abastecer uma população de 2,7 milhões de famílias. Já se encontra em fase de implantação a Usina Hidrelétrica São Manoel que deve gerar cerca de 4 mil empregos.
 
 

No turismo, destaca-se a monumental "Pedra Preta", de excepcional e rara beleza. Uma enorme pedra que abriga um dos maiores painéis de pictogravuras do mundo.

 

Paranaíta completou 35 anos em 2014!

 

            Uma terra abençoada pela fertilidade e riquezas naturais.

 
Paranaíta é terra fértil e acolhedora, busca o desenvolvimento Sócio Econômico Ecológico de forma sustentável, e cada dia oferece uma melhor qualidade de vida aos seus moradores.
 

 

Atualização realizada em: 01 de Outubro 2014, às 10:33:52, baseada em dados oficiais do IBGE

 

                      Divisa de Paranaíta com outros municípios

 

Ao Norte =

Rio Teles Pires, divisa com o município de Jacareacanga, Estado do Pará

Ao Sul =

Município de Alta Floresta

A Leste =

Município de Alta Floresta

A Oeste =

Municípios de Apiacás e Nova Monte Verde

©2016 - Prefeitura de Paranaíta - Todos os direitos reservados.